Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Rubéola
Início do conteúdo da página

Rubéola

Publicado: Terça, 08 de Março de 2016, 21h50 | Última atualização em Sexta, 09 de Novembro de 2018, 17h44 | Acessos: 11168

No campo das doenças infecto-contagiosas, a importância epidemiológica da rubéola está representada pela ocorrência da Síndrome da Rubéola Congênita (SRC) que atinge o feto ou o recém-nascido cujas mães se infectaram durante a gestação. A infecção na gravidez acarreta inúmeras complicações para a mãe (aborto e natimorto) e para os recém-nascidos, como malformações congênitas (surdez, malformações cardíacas, lesões oculares e outras).

 

Mais informações sobre Rubéola

 

Instrumentos para registro e análise

 

Ficha de notificação/investigação

Instrucional de preenchimento da ficha de notificação/investigação

  Dicionário de Dados

 

Dados epidemiológicos e estatísticas

 

Tabulações de dados

 

CONTATO

Coordenação-Geral de Doenças Transmissíveis - CGDT/DEVIT/SVS/MS
SRTVN 701, Via W5 Norte, Ed. PO 700, 6ª andar - Brasília/DF. CEP: 70.723-040

E-mails: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Telefone: (61) 3213-2900

registrado em:
Fim do conteúdo da página