Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Chikungunya
Início do conteúdo da página

Chikungunya

Publicado: Terça, 08 de Março de 2016, 19h38 | Última atualização em Terça, 07 de Março de 2017, 15h22 | Acessos: 4278

 

A Febre de Chikungunya é uma arbovirose causada pelo vírus Chikungunya (CHIKV), da família Togaviridae e do gênero Alphavirus. A transmissão se dá através da picada de fêmeas dos mosquitos Ae. Aegypti e Ae. albopictus infectadas pelo CHIKV. Os sinais e sintomas são clinicamente parecidos aos da dengue – febre de início agudo, dores articulares e musculares, cefaléia, náusea, fadiga e exantema. A principal manifestação clínica que a difere são as fortes dores nas articulações. Embora chikungunya não seja uma doença de alta letalidade, tem elevada taxa de morbidade associada à artralgia persistente, que pode levar à incapacidade e, consequentemente, redução da produtividade e da qualidade de vida.

O nome Chikungunya deriva de uma palavra em Makonde, língua falada por um grupo que vive no sudeste da Tanzânia e norte de Moçambique. Significa "aqueles que se dobram", descrevendo a aparência encurvada de pessoas que sofrem com a artralgia característica.

O CHIKV foi isolado inicialmente na Tanzânia por volta de 1952. Desde então, há relatos de surtos em vários países do mundo.  Nas Américas em dezembro de 2013 teve início uma grande epidemia de chikungunya em diversas ilhas do Caribe. Existe a possibilidade de ocorrência de epidemias no Brasil devido a alta densidade do vetor, à presença de indivíduos susceptíveis e intensa circulação de pessoas em países endêmicas.

 

Maiores informações sobre o Sistema podem ser obtidas através do seguinte link: Sinan Dengue/Chikungunya

 

 Mais informações sobre Chikungunya

 

CONTATO

Coordenação Geral do Programa Nacional de Controle da Dengue - CGPNCD
SCS - Quadra 4, Conjunto A, Ed. Principal - sobreloja , Brasília/DF - CEP: 70304-000 
Coordenador: Divino Valero Martins
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Telefone: (61) 3213-8004

registrado em:
Fim do conteúdo da página